Camaro 2010 é opção econômica dentro da gama de muscle cars





Camaro 2010 é opção econômica dentro da gama de muscle cars

A primeira geração do esportivo conserva estilo e oferece preço de SUV compacto

Fotos: Divulgação | Texto: Renê Saba

Compartilhe esse conteúdo

Um v8 roncando alto sob o capô, 406 cavalos à sua disposição e isso tudo sem falar do charme de um dos carros mais icônicos da história. Imagina só que esse pacotão premiado para os estusiastas dentro da gama de carros usados pode sair pelo preço de um Jeep Compass básico.  Pois é isso que quem procura a primeira geração do Chevrolet Camaro importada para cá vai encontrar. 

Assine a Revista Car and Driver

Os carros usados do ano 2010/2011 se diferenciam dos modelos seguintes pela ausência de reestilização e pelo volante exclusivo. Os modelos 2012/2013 estrearam o volante que depois seria usado pelo Chevrolet Cruze. Você deve tomar alguns cuidados na hora da escolha do modelo. 

Leia mais:

+ Surge para as pistas uma edição limitada do Mustang Cobra Jet

+ Chevrolet Camaro aparece reestilizado, com novo motor turbo e câmbio de 10 marchas

+ Ford Mustang começa a ser comercializado oficialmente no Brasil

Primeiro, obviamente, pela quilometragem, depois é bom ficar esperto no estado das rodas e pneus: um conjunto de 20 polegadas não é barato e não é raro encontrá-lo desgastado, pois com 56,7 mkgf de torque é difícil se controlar e andar devagar. A manutenção também é mais cara que o normal. Tenha ciência disso. 

RG do carro Chevrolet Camaro 2010/2011

Motor: dianteiro , 8 cilindros, 6.2, 16V, gasolina

Potência (G ou E): 406 cv a 5.900 rpm

Torque (G ou E): 56,7 mkgf a 4.600 rpm

Transmissão: automática, 6 marchas

Porta-malas: 384 litros

IPVA: R$ 4.150

[+] Estilo, status, motor, desempenho, ronco, experiência

[-] Manutenções caras, espaço traseiro, preços das peças originais e dificuldade de encontrar

Seguro: o valor do seguro pode ser um impeditivo. O Chevrolet Camaro é um dos poucos carros em que a cobertura ultrapassa os 7% do valor do carro, algo incomum mesmo em carros esportivos mais raros. 

Fique ligado: a versão 2010 do Chevrolet Camaro passou por dois chamamentos. O primeiro foi para a substituição da chave de ignição. O segundo foi para a troca do mecanismo de ajuste de altura do banco do motorista. 

Quer estar por dentro de tudo o que acontece no mercado automotivo? Então não perca tempo. Peça já a edição 124 da Revista Car and Driver Brasil. Compre aqui.



Comentários