Willys Interlagos, o primeiro carro esportivo fabricado no Brasil





Willys Interlagos, o primeiro carro esportivo fabricado no Brasil

O Willys Interlagos era a versão brasileira do Renault Alpine A108

Fotos: Reprodução | Texto: Renê Saba

Compartilhe esse conteúdo

Foi no ano de 1961 que a Willys Overland do Brasil anunciou que iria produzir um modelo inspirado na mecânica do Gordini. O Willys Interlagos foi o primeiro carro esportivo genuinamente a ser fabricado no Brasil, e se oferecia aos motoristas da época como um veículo com linhas modernas, atraentes e se apresentava como a versão brasileira do Renault Alpine A108. O veículo foi feito em três versões: cupê, berlineta e conversível. 

Assine a Revista Car and Driver

Apesar de não ter uma mecânica completamente esportiva, o Willys Interlagos oferecia indícios desse segmento. O pequeno motor traseiro teve de 845 cm3 a 1.0 litro, e desempenhava entre 42 e 70 cavalos. Apesar da potência razoável para a época, o Interlagos conseguia aliar peso-potência, já que era um dos veículos mais leves do cenário, pesando apenas 570 kg, devido a sua carroceria ser feita com fibra-de-vidro.  

Leia mais:

+ Puma terá R$ 250 milhões para fábrica em Botucatu

+ Relembre o Ford Del Rey, o carro dividido em ouro e prata

+ Relembre a Ford Belina, a luxuosa perua dos anos 70

O Willys Interlagos foi uma das grandes atrações do Salão do Automóvel de São Paulo em 1961, um ano após a primeira edição do evento. As vendas começaram no ano posterior, em 1962. Virou um ícone nas pistas brasileiras, inclusive sendo batizado com o nome do autódromo mais famoso do Brasil. O nome Interlagos parece óbvio, mas nasceu de uma sugestão do jornalista Mauro Salles, como já dito, em alusão ao autódromo paulista. 

Quer estar por dentro de tudo o que acontece no mercado automotivo? Então não perca tempo. Peça já a edição 124 da Revista Car and Driver Brasil. Compre aqui.

 

 



Comentários