Jeep Renegade Custom é o SUV diesel mais barato do Brasil

Apesar do valor baixo, o veículo não conta com alguns itens de série

Fotos: Divulgação/Jeep | Texto: João Anacleto | Adaptação web Renê Saba

Compartilhe esse conteúdo

O Jeep Renegade vem fazendo jus ao nome em 2018. Depois de um início promissor, com o segundo lugar em vendas entre os SUVs em 2016, ele encerrou 2017 no 4º lugar das preferências e começou 2018 em quinto. De olho nessa “renegada”, o departamento de marketing de produto da Jeep se mexeu e lançou duas novas versões no ano passado, mas o consumidor parece ainda não ter percebido o esforço da marca para dar lhe mais opções de compra. A primeira foi a versão Custom, que substituiu a Sport em agosto como a mais barata da linha, com preços entre R$ 75.790, na versão 1.8 com câmbio manual e R$ 110.290 na 2.0 turbodiesel com câmbio de nove marchas. A outra versão do Jeep Renegade Night Eagle, que falaremos em uma próxima oportunidade.

Jeep Renegade

Leia mais: Jeep Wrangler é referência para o mundo off-road. Veja avaliação
Leia mais: Jeep Compass Night Eagle: A versão 'gangster' do SUV mais vendido em 2017
Leia mais: Jeep aumenta o volume do porta-malas do Renegade para 320 litros

Equipado com o motor 2.0 turbodiesel de 170 cv e tração nas quatro rodas com quatro modos de uso, ele se posta como o SUV diesel mais barato do Brasil, contudo este Jeep Renegade Custom é o que você pode chamar de “carro pelado” no universo dos utilitários. Por fora, as rodas de aço estampado com 16” e os retrovisores sem pintura na cor do veículo denunciam a economia. Lá dentro, faltam paddle-shifters para as trocas de marchas, os bancos são de tecido e, pasme, não há central multimídia tampouco sensor de estacionamento. Só um rádio AM/FM com entrada USB de série. Pelo menos há vidros elétricos com função um toque e retrovisores elétricos.

Entre os opcionais, por R$ 4.300, você leva uma central multimídia da Mopar, rodas de liga-leve aro 17” e tecido preto Arbex nos bancos, itens que já melhoram bastante a aparência pé-de-boi. Ou pode equipá-lo com a central multimídia de série na versão Longitude, com GPS e câmera de ré, sem as rodas de alumínio e com comandos de áudio no volante por R$ 3.400. No mais, este Renegade não deixa de ser uma boa opção para quem quer encarar uma trilhas razoáveis, sem tratar o carro como um bibelô, e sim como um Jeep.

JEEP RENEGADE CUSTOM EM NÚMEROS

Preço: R$ 110.290
Motor: Dianteiro, transversal, 2.0, turbodiesel
Potência: 170 cv a 3.750 rpm
Torque: 35,7 mkgf a 1.750 rpm
Transmissão: Automático, 9 marchas, tração integral
Suspensão (D/T): McPherson/McPherson
Freios (D/T): Discos ventilados / discos sólidos
Rodas e Pneus (D/T): 215/65 R16
Dimensões: 4,23 m (comprimento) / 2,57 m (entre-eixos) / 1,69 m (altura) / 1,80 m (largura)
Peso: 1,619 kg
Porta Malas: 273 litros
Tanque: 60 litros



Comentários