Volkswagen Passat ganha equipamentos e reduz o valor final em R$ 13 mil





Volkswagen Passat ganha equipamentos e reduz o valor final em R$ 13 mil

O sedã topo de linha da Volkswagen chega ao mercado com variedade tecnológica de ponta

Fotos: Divulgação/Volkswagen | Texto: Renê Saba

Compartilhe esse conteúdo

O principal sedã da Volkswagen chegou ao mercado com notícias automotivas positivas. O Passat será oferecido no mercado apenas na versão Highline, e isso gerou uma redução em seu valor totalizando mais de R$ 13 mil em relação à tabela anterior. Agora, o valor do topo de linha da marca alemã será vendido por R$ 164.620. 

As novidades relacionadas ao Passat não terminam por aí. Alguns equipamentos que antes não faziam parte do corpo do carro - passam a integra-lo -, como: recursos de segurança e sistema de entretenimento com controle por gestos. Além da inclusão de novos utensílios, o Passat vem equipado de série com tecnologias que antes eram apenas opcionais. 

Os itens se resumem a seleção de perfil de condução com controle adaptativo da suspenção, o DCC; sistema de monitoramente frontal "Front Assist"; painel Active Info Display digital e configurável com tela de 12,3 polegadas; controle de cruzeiro adaptativo de distância e velocidade "ACC"; controle via gestos; Apple CarPlay; Android Auto; DVD Player; HD interno de 60GB; GPS e etc. A garantia do veículo é de três anos.

Já a parte mecânica é um motor 2.0 TSI a gasolina, que desempenha até 220 cavalos, 4.500 rpm - 6.200 rpm, e 35,7 kgfm de torque, entre 1.500 a 4.400 rpm. Tudo isso aliado ao câmbio DSG de seis marchas e embregagem dupla. Segundo notícias automotivas de dentro da Volkswagen, o Passat vai de 0 a 100 km/h em 6,8 segundos e alcança até 246km/h.
 
 
 
 
 



Comentários