Próxima geração do Toyota Corolla terá motor do Prius





Próxima geração do Toyota Corolla terá motor do Prius

A próxima versão do sedã será baseada na nova plataforma TNGA

Fotos: Divulgação | Texto: Redação | Adaptação web Renê Saba

Compartilhe esse conteúdo

Ousadia. Essa será a tônica sobre a próxima geração do Toyota Corolla que deve desembarcar por aqui no segundo semestre de 2019. Baseado sobre a novíssima plataforma TNGA, presente atualmente apenas no crossover CH-R, ele terá qualidades inéditas frente à sua própria história e também ao seu segmento. 

Assine a Revista Car and Driver

O desenho, por exemplo, é o mais ousado de toda a história do carro. Os faróis terão recortes como em um formato de "Y" invertido, com filetes de LED que vão bem próximos do logotipo frontal. O para-choques dianteiro vai pelo mesmo caminho marcante de traços prá lá de ousado.

Leia mais:

+ Toyota Etios atinge a marca de 500 mil unidades fabricadas

+ Toyota Corolla é lançado com versão de entrada mais barata

+ Novo Toyota Yaris ganha website e mostra que o hatch será lançado em breve

Na traseira os para-choques serão alongados e ele receberá lanternas em formato de bumerangue. Contudo, a grande revolução vem mesmo com o conjunto propulsor. O Toyota Corolla será o primeiro sedã médio fabricado no Brasil a trazer uma versão híbrida no portfólio.  Será o mesmo 1.8 de ciclo Atkinson que está sendo testado no Toyota Prius flex (gasolina/etanol) que deve ficar pronto no final deste ano.

A Toyota não confirma se esta será a única versão disponível do carro, no entanto ele ainda deve constar por mais uma geração com motores a combustão, certamente o mesmo 2.0 flex de 154 cavalos atual. 

Quer estar por dentro de tudo o que acontece no mercado automotivo? Então não perca tempo. Peça já a edição 125 da Revista Car and Driver Brasil. Compre aqui.

 



Comentários