Chevrolet e Honda se unem para desenvolver nova bateria





Chevrolet e Honda se unem para desenvolver nova bateria

A Chevrolet forneceu a base e a Honda deverá utilizar a peça da marca americana

Fotos: Divulgação | Texto: Renê Saba

Compartilhe esse conteúdo

A Honda e a Chevrolet mostraram que são rivais apenas dentro das suas próprias concessionárias. Para economizar e dividir gastos, as marcas se uniram para se desenvolver uma nova bateria com o objetivo de acelerar o plano de eletrificação de ambas as empresas. 

Assine a Revista Car and Driver

A próxima geração de bateriais irá fornecer mais energia em menor tamanho e com mais agilidade na recarga. A Chevrolet irá fornecer a base das suas bateriais para o desenvolvimento do novo produto. A intenção é que a Honda utilize as novas peças da montadora americana em seus veículos. 

Leia mais:

+ Honda CR-V, Volkswagen Tiguan, Chevrolet Equinox. Quem leva a melhor?

+ Chevrolet convoca Onix, Spin, Cobalt e Prisma para recall por risco de incêndio

+ Testamos o novo Honda Civic Si com motor 1.5 turbo

Se engana quem pensa que as novas baterias irão munir todos os carros de ambas as marcas. Cada montadora deverá utilizar a peça em veículos específicos, como, por exemplo, o hatch 100% elétrico Bolt, da Chevrolet, que deve aparecer no Brasil em 2019. Já a Honda pretende lançar uma linha de carros eletrificados em 2019 e um modelo que carrega em até 15 minutos em 2022. 

Quer estar por dentro de tudo o que acontece no mercado automotivo? Então não perca tempo. Peça já a edição 125 da Revista Car and Driver Brasil. Compre aqui.



Comentários