Ferrari revela a Portofino, substituta da California T





Ferrari revela a Portofino, substituta da California T

Novo modelo de entrada da marca será uma das grandes estrelas do Salão de Frankfurt

Fotos: Divulgação |

Compartilhe esse conteúdo

 Diga adeus para a California T. Dê boas vindas para a Portofino. A Ferrari revelou hoje (23) as primeiras imagens do seu novo modelo que substituirá a California T como carro de entrada da marca. Com nome inspirado no famoso e luxuoso vilarejo italiano, a Portofino traz um V8 3.9 biturbo com 600 cv e 77,5 mkgf. Ou seja, 40 cv a mais que a sua antecessora.

O aumento na potência veio depois de uma “reforma” no motor, que ganhou pistões e bielas redesenhados além de um novo coletor de admissão. O sistema de escape também ganhou nova geometria para diminuir a interferência do turbo lag.

A Ferrari crava que o GT é capaz de acelerar até os 100 km/h em 3,5 s e atingir uma velocidade máxima de 320 km/h. Com distribuição de peso 46%-54%, ele também é mais leve que a California T graças ao novo chassi de alumínio e o uso do material na capota rígida retrátil.

Ferrari Portofino

Se o design não traz nada de muito novo, o interior está mais intuitivo e recebeu o combo volante mais tela touch de 10.2’’ da GTC4 Lusso. Direção com assistência elétrica (7% mais direta que a hidráulica da California T, segundo a Ferrari) e atualização do sistema de amortecedores magnéticos completam o pacote de mudanças.

O Portofino será a grande estrela da Ferrari no próximo Salão de Frankfurt, que acontece a partir do dia 12 de setembro. Por ser o modelo mais acessível da marca, o modelo – assim como sua antecessora – deve ser oferecido no Brasil em 2018.

Ferrari Portofino

Ferrari Portofino

Ferrari Portofino



Comentários