Classe X: Mercedes mostra versão definitiva de sua picape





Classe X: Mercedes mostra versão definitiva de sua picape

Versão de produção foi apresentada hoje na África do Sul. Chega ao Brasil em 2019

Fotos: Lucas Litvay | Texto: Lucas Litvay

O suspense acabou. Quase um ano após revelar pela primeira vez o protótipo da sua inédita picape, a Mercedes decidiu apresentar a versão definitiva do modelo produzido em conjunto com Renault e Nissan. Seguindo a nomenclatura dos irmãos sedãs, hatches e SUVs, a picape de luxo foi batizada como Classe X. As vendas na Europa começam em novembro, com preço partindo da casa de 37 mil euros.

No Brasil? A novidade chega por aqui no início de 2019, logo após começar a ser feita na fábrica argentina de Santa Isabel – Europa, Oriente Médio, África e Austrália serão abastecidos por outra fábrica, em Barcelona (Espanha). Por aqui serão três versões, todas equipadas com motor a diesel. A previsão é que a picape custe a partir de R$ 200 mil, enquanto a configuração topo de linha deve bater nos R$ 300 mil.

Mercedes Classe X

TRIGÊMEAS

Se o design é inédito e típico da identidade visual da Mercedes, o esqueleto da Classe X já é conhecido dos Viciados em Carro. Como nós falamos acima, a Mercedes fechou uma parceria com Renault e Nissan para o desenvolvimento da picape – e por isso usará a fábrica da aliança franco-japonesa na Argentina a partir de 2018. Plataforma e componentes são emprestados da Frontier e também serão vistos na inédita Renault Alaskan.

No lançamento na Europa estará disponível apenas o 2.3 turbodiesel de quatro cilindros(também emprestado da picape da Nissan), em versões de 163 cv e 190 cv. Há também um 2.0 turbo a gasolina de 165 cv, mas que será exclusivo do Oriente Médio.

Na metade do ano que vem se junta a elas a configuração topo de linha (aquele que custará R$ 300 mil no Brasil), com o V6 3.0 turbodiesel de 258 cv, câmbio automático de sete marchas e tração integral 4Matic. Além de oferecer o V6 e o 2.3 em um primeiro momento, a Mercedes não descarta o desenvolvimento de uma versão flex algum tempo após o lançamento. Ainda segundo a marca, a picape será vendida nas concessionárias de veículos de trabalho bem como na de passeios, que passarão por reforma para atender esse novo cliente de picape.

A apresentação ao público da versão de produção deve ficar para o Salão de Frankfurt, em setembro.