O combustível acabou. O que eu faço?





O combustível acabou. O que eu faço?

Saiba o que fazer para evitar que isso aconteça, e o que fazer para se manter seguro em uma situação de ficar parado na rua sem combustível

Fotos: Divulgação | Texto: Redação | Adaptação Web: Rodrigo Sodré

Compartilhe esse conteúdo

PRIMEIRO TESTE
Para saber se o sistema de monitoramento está em dia, você deve encher o tanque e perceber se há alguma alteração brusca no marcador da quantidade de combustível. Às vezes a boia já está desgastada e pode marcar que ainda há combustível mesmo com o tanque vazio e vice-versa.

AJUDA MATEMÁTICA
Ninguém conhece o carro melhor que o seu dono, portanto você sabe quantos quilômetros ele roda com um tanque, certo? E é com esse número que você tem que ficar esperto caso veja alguma "movimentação estranha" do ponteiro, caso não consiga fazer a substituição imediata da boia que mede a quantidade de combustível.

COMO IDENTIFICAR?
O carro dá alguns avisos de que vai ficar sem combustível, mesmo que o ponteiro não esteja funcionando. A primeira delas é a falha progressiva, especialmente quando se acelera à foraças maiores, como saídas da inércia. Se o seu carro tem problema com o marcador e começou a falhar, é melhor parar e abastecê-lo.

FIQUEI NA RUA
A primeira coisa a fazer é procurar um local seguro. Se não houver recuo ou acostamento, você deve imediatamente levar seu carro para a faixa mais à direita possível da via e colocar o triângulo de sinalização assim que parar o carro, a pelo menos 30 metros do carro. É bom saber se o seguro do seu carro tem assistência contra pane-seca.

NO POSTO
Após chegar ao posto, a pé, de táxi ou de carona prepare-se para comprar também o recipiente homologado pelo Inmetro. Com preços a partir de R$ 15. Vale lembrar que é proibido transportar combustíveis em garrafas PET.

MULTA
Você pode ser autuado pela pane seca. Ela é considerada infração média pelo Código de Trânsito Brasileiro, acresce 4 pontos na sua CNH e multa de R$ 85,13.



Comentários