Entenda o programa de milhagem na compra de carro

Saiba o que é o programa de fidelização e quais as vantagens

Fotos: Divulgação | Texto: Redação | Adaptação Web: Rodrigo Sodré

Compartilhe esse conteúdo

Experimente ir ao balcão de check in de um aeroporto e perguntar aos passageiros se eles têm cartão de milhagem de alguma companhia aérea. Se bobear, dez de cada dez pessoas consultadas dirão que sim. O programa de fidelização virou febre para quem deseja voar de graça ou pagando menos. Quanto mais usar o cartão, mais milhas são acumuladas. Algumas montadoras fazem algo parecido. Com o sistema de soma de pontos pelo cartão de crédito, elas buscam fisgar o cliente oferecendo vantagens na compra do 0 km.

A Fiat, por exemplo, é parceira das bandeiras Mastercard e Visa. Ela tem programa que permite ao cliente ganhar bônus de até R$ 20 mil na compra de um modelo da marca. A conta é simples: 5% dos gastos no Brasil ou no exterior são revertidos em pontos no seu “prontuário”. Cada real corresponde a um ponto. O limite é de R$ 20 mil, mas a média de resgate, segundo a Fiat, é de R$ 6.500. Quem adere ao programa tem 36 meses para usar os pontos.

A fidelização da Mitsubishi é praticamente idêntica. O MIt Itaucard Platinum transforma 5% do valor das compras em pontos e cada ponto vale R$ 1 na aquisição de um modelo da marca. Se você usar o bônus em peças, serviços ou revisões, aí o ponto equivale a 50 centavos.

Associada à rede Multiplius, a Peugeot oferece descontos nas revisões e até 100 mil pontos para comprar um carro novo. A compra do 208 rende 10 mil pontos, enquanto os modelos 2008, 308 e 408 equivalem a 15 mil cada um.

Já o dono de um BMW não ganha pontos para a compra de um 0 km. Ele recebe o cartão Pure Impulse para fazer parte de um programa premium de três anos. Em vez de pontos, o dono do i8 é convidado a eventos exclusivos, como visita a museus, spas, galerias de arte e hotéis refinados. É como viajar na própria cabine do comandante.



Comentários